A consultoria CATF é prestada por profissionais altamente qualificados e conhecedores da área. O objetivo é manter seus clientes atualizados de forma rápida e precisa das constantes alterações das legislações tributárias no que se refere a tributos e obrigações acessórias (Ex.: EFD), envolvendo ICMS, IPVA, ITCMD, IPI, II, IOF, PIS/COFINS, ITR, ISS e IPTU, prevenindo eventuais ações fiscais e maximizando o desempenho do departamento fiscal.

De posse das informações fiscais das empresas, após acompanhamento personalizado através de visitas às suas instalações, a CATF viabiliza e implanta projeto estratégico de acordo com a necessidade específica de cada cliente. Neste contexto, identifica-se a real situação tributária da organização empresarial e sendo necessário apresenta soluções no intuito de reduzir a carga tributária e futuro prejuízos fiscais.

Devido a demanda das empresas em se prepararem para um maior desempenho e eficiência nas funções da área tributária, a CATF desenvolveu um programa de treinamento personalizado e prático que tem como objetivo capacitar profissionais para aplicação dos serviços tributários, a fim de identificar quais são as operações que podem ser implantadas e qual impacto será causado diante da administração tributária, simplificar as ações fiscais, identificar precisamente as irregularidades e obter agilidade na apuração dos valores declarados, além de atualizar o conhecimento relacionado aos assuntos disponíveis, esclarecendo a mais complexa sistemática que o assunto envolve, aplicando-o de forma dinâmica e concisa com ênfase na prática cotidiana.

CLIQUE E CONSULTE NOSSA AGENDA DE CURSOS

O Treinamento In Company é o processo para desenvolver e prover conhecimento, habilidades e comportamentos para atender requisitos de acordo com a necessidade de cada empresa. São ideais para as empresas que buscam uma ferramenta para o desenvolvimento de competências individuais, que numa visão conjunta deve contribuir para a formação da competência organizacional. O Treinamento In Company oferecido pela CATF assume uma importância estratégica para a organização, adequação do conteúdo às necessidades e à realidade da empresa, flexibilidade na programação, economia de custo e de tempo e produção de resultados imediatos e mensuráveis.

A Escrituração Fiscal Digital (EFD) é a escrita fiscal, em meio digital, que substitui os principais livros fiscais em papel, sendo composta da totalidade das informações necessárias à apuração dos impostos referentes às operações e prestações praticadas pelo contribuinte, bem como outras de interesse das administrações tributárias das unidades federadas e da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB). De posse dos arquivos XML da empresa (entrada/saídas e serviços), a CATF realiza análises que identificam falhas e inconformidades decorrentes de operações e prestações praticadas com inobservância das legislações Estaduais e Federal, permitindo que sua empresa tenha total controle sobre a arrecadação e declaração dos tributos devidos e o cumprimento das obrigações, possibilitando assim a correta validação da EFD (ICMS/IPI e PIS/COFINS), evitando prejuízos fiscais.

A CATF desenvolve planejamento tributário estritamente preventivo, que tem como fator de análise o tributo e visa identificar e projetar os atos e fatos tributáveis e seus efeitos, comparando-se os resultados prováveis, para os diversos procedimentos possíveis, de tal forma a possibilitar a escolha da alternativa menos onerosa, sem extrapolar o campo da licitude. O caráter preventivo do planejamento tributário decorre do fato de não se poder escolher alternativas senão antes de se concretizar a situação, evitando assim, problemas posteriores e ainda, aplicando soluções antes mesmo do problema de alastrar.

A Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) é um documento de existência apenas digital, emitido e armazenado eletronicamente, com o intuito de documentar, para fins fiscais, uma operação de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviço, ocorrida entre as partes. A CATF tem o objetivo de instruir as empresas para a correta emissão dos documentos eletrônicos, acompanhando o preenchimento campo a campo, baseando-se nas legislações Federal, Estadual e Municipal. Este auxílio tem como benefício a redução de erros de emissão, assinatura e validação do documento eletrônico, além de facilitar e simplificar a Escrituração Fiscal, entre outros.

A Substituição Tributária (ST) garante ao Fisco a efetiva arrecadação do ICMS nas operações internas e interestaduais mediante Convênios, Protocolos e Legislação do ICMS inerente a cada Estado.
Sendo a Substituição Tributária um assunto complexo e de difícil aplicação, a CATF oferece o acompanhamento da legislação interna da ST de cada Estado fornecendo IVA, MVA, Alíquotas e benefícios fiscais para formação da base de cálculo da Substituição Tributária, evitando erros na arrecadação do ICMS ST em favor do Estado de destino da mercadoria comercializada e simplificando a operação.

A CATF disponibiliza o serviço de elaboração de consulta ao Fisco Federal, Estadual e Municipal, a qual mostra-se como um grande instrumento aliado do contribuinte que busca uma maior segurança quanto ao cumprimento de suas obrigações, para que não seja surpreendido no futuro por uma autuação por incorreta interpretação da legislação tributária, devido a existência de postos obscuros em sua redação. Além disso, a decisão da Consulta deixa explícito o entendimento da Fazenda Pública sobre determinada operação/prestação, possibilitando que o contribuinte, que, dela discorde possa discutir judicialmente a matéria, antecipando os principais argumentos a serem apresentados em sua defesa.

A parametrização de sistemas, em regra geral, é ferramenta utilizada em cada empresa para antecipar informações de tributação, fundamentação legal referentes às operações e prestações nas emissão de documentos fiscais. A correta parametrização do sistema é peça fundamental para o cumprimento da emissão do documento fiscal, bem como a preparação da Escrita Fiscal e a elaboração da EFD (ICMS/IPI e PIS/COFINS). A CATF se dispõe a delinear padrões tributários seguindo uma sequencia lógica, atendendo os requisitos legais para realizar a configuração fiscal de cada operação/prestação realizada na empresa. Estas parametrizações não são feitas aleatoriamente, mas baseadas no que cita a legislação tributária, obedecendo rigorosamente aos ditames do fisco, bem como estabelecendo os tipos de cálculos (considerando as regras específicas) que estão sendo considerados para determinada empresa.

© 2017 Catf - Desenvolvimento Webby Propaganda

Click Me